IPVA 2019: veja as novas regras do IPVA 2019

O IPVA 2019 passou por algumas mudanças significativas este ano. Quem adquiriu um carro ou já possui há muito tempo é importante ficar atento às alterações para não sofrer penalidades.

Para quem é novato no termo, IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores) é um pagamento obrigatório que todo dono de veículo (carro, ônibus, moto ou caminhão) precisa fazer anualmente.

Assim como o IPVA, existe o DPVAT (Seguro de Danos Pessoais causados por Veículos Automotores de Vias Terrestres), um seguro que protege o condutor, os passageiros e os pedestres, em caso de acidente no trânsito.

Quer saber o que mudou nas regras do IPVA 2019? Acompanhe este artigo e fique por dentro!

Quais as novas regras do IPVA 2019?

Entre as mudanças nas regras do IPVA 2019, estão:

  • pagamento no cartão de crédito;
  • sem parcelamento antecipado;
  • parcelamento no cartão de crédito ou no débito em até 12x;
  • mudança de pagamento conforme a placa do veículo;
  • quitação da parcela com 10% de desconto até 15/01/2019;
  • parcelamento pago em 10x sendo o primeiro pagamento até 15/01/2019 e/ou sem desconto com prazo em 15/10/2019.

As novas regras do IPVA 2019 podem ser diferentes em cada Estado, por isso é importante se informar junto ao DETRAN de sua região ou Receita Federal da sua cidade.

Por exemplo, quem tem carro licenciado no Rio de Janeiro pode usar o Parcele Tudo, programa do DETRAN para parcelar multas.

Feito o pagamento, a compensação bancária se dará em até 24 horas em dias úteis e em até 2 dias nos finais de semana.

Essas foram as novas regras do IPVA 2019. A possibilidade de quitar multas no cartão e no débito em até 12x está na Resolução nº 736, de 5 de julho de 2018 e Portaria nº 149, de 12 de julho de 2018.

Posted in dicas

Multi Seguro Viagem é confiável? Veja como funciona

Antes de viajar é sempre bom contar com um seguro de viagem, de preferência, em um site com vários seguros de uma vez. Por isso existe a Multi Seguro Viagem, mas será que ele é confiável?

O site reúne as melhores operadoras de seguros, com valores diferenciados e cada uma atendendo às necessidades específicas de cada cliente.

Para saber se Multi Seguro Viagem é confiável é válido descobrir como funciona seu procedimento, se há transparência de informações e como é o atendimento.

Continue em nosso artigo para descobrir mais sobre a Multi Seguro Viagem!

Multi Seguro Viagem – como funciona?

Antes de saber se Multi Seguro Viagem é confiável, vamos mostrar como funciona o site.

Ao entrar, você vai encontrar um formulário rápido para pesquisar por planos e valores oferecidos pelas operadoras de seguros.

Para cotar, basta informar os dados da viagem (destino, datas de embarque e desembarque), escolher o plano, adicionar viajantes e fazer o pagamento.

Após efetuar o pagamento, você receberá a apólice do seguro através do e-mail. É bastante simples e sem burocracia viajar com toda segurança que você merece.

A Multi Seguro Viagem é confiável?

Quando uma empresa se dedica unicamente a um ramo de negócio, é natural que todos os esforços para trazer qualidade e excelência em atendimento estejam canalizados nesse setor.

Isso é comprovado pelo atendimento 24 horas, com todo o procedimento realizado pela internet e sem aquela burocracia que atrasa qualquer viagem.

Portanto, a Multi Seguro Viagem é confiável sim, pois a agilidade com que resolve qualquer dúvida e as informações repassadas de forma transparente são chaves para manter a confiança do viajante.

Se você tinha dúvidas sobre fazer uma cotação ou não sabia se Multi Seguro Viagem é confiável ou não, agora você tem certeza: é o site mais indicado para escolher a operadora de seguros e viajar com toda a confiança que a Multi Seguros pode proporcionar.

Posted in dicas

Empréstimo Consignado: O que é empréstimo consignado?

Você sabe o que é um empréstimo consignado. É aquele que fica alienado ao seu salário, ou seja, somente quem tem renda fixa, ou é assalariado ou aposentado pode usufruir deste benefício. Neste post vamos lhe mostrar o que é empréstimo consignado. Confira:

Conhecendo o empréstimo consignado

O empréstimo consignado é aquele que fica vinculado ao seu salário ou aposentadoria. Sendo assim as parcelas são diretamente descontadas do seu salário assim que ele cai na renda. Sendo que sua renda fica comprometida até a finalização do pagamento das parcelas.

A melhor coisa do empréstimo consignado é que ele possui os menores juros do mercado, uma vez que a instituição financeira tem a garantia de receber os valores. No entanto não é todo mundo que pode utilizar esse recurso, veja se você se encaixa no perfil:

  1. Aposentado
  2. Pensionista do INSS
  3. Assalariado
  4. Funcionário público.

O empréstimo consignado é uma ótima opção para quem precisa de dinheiro rápido e com taxas de juros baixas. No entanto é preciso utilizar esse recurso com cautela, e analisar se as parcelas realmente cabem no seu orçamento.

Vantagens e desvantagens do empréstimo consignado:

  1. Taxas de juros baixas: As taxas de juros são as menores do mercado, sendo abaixo das demais linhas de crédito.
  2. Contratação facilitada: Como os pagamentos são condicionados ao seu salário a contratação é muito rápida e fácil. Você pode receber o crédito em poucos dias;
  3. Parcelamentos a longo prazo: Você pode parcelar o valor do seu empréstimo consignado em até 120 meses para pagar. Existem linhas de crédito para até 20 anos para pagamento. No entanto basta analisar se vale a pena comprometer a sua renda durante tanto tempo assim.
  4. Em caso de demissão do emprego: Uma das desvantagens do empréstimo consignado é que em caso de demissão do seu emprego, o valor do empréstimo deve ser quitado de uma só vez. Assim é importante ficar atendo, caso ocorra essa possibilidade como você agirá para quitar a dívida.
  5. Dívida a longo prazo: O empréstimo consignado é uma dívida a longo prazo. Assim você terá um salário reduzido durante muito tempo. Então é importante analisar a viabilidade desta condição, para não se arrepender depois.

Quando vale a pena solicitar um empréstimo consignado

Por ter juros mais baixos, muitas pessoas não analisam com critério a contratação do empréstimo consignado, o que pode se tornar um problema. Então antes de contratar tenha certeza de que você realmente precisa do dinheiro, afinal o empréstimo consignado é como emprestar dinheiro do banco.

No entanto existem casos onde a utilização do empréstimo consignado pode ser viável, tais como:

  • Urgências médicas;
  • Emergências familiares;
  • Pagamento de dívidas;
  • Desastres naturais;

Enfim, são diversos os motivos que você pode optar em solicitar um empréstimo consignado. Então antes de qualquer coisa, analise a sua condição e veja se vale a pena.

E ai conseguiu tirar suas dúvidas? Espero que tenhamos ajudado a entender se o empréstimo consignado é uma boa opção para você.

Posted in Finanças

Empréstimos para MEI: Entenda como funciona o processo

No Brasil é cada vez mais comum, profissionais que optam pela escolha de abrir o seu próprio negócio. O MEI – Microempreendedor individual é uma das formas mais simples e econômicas de tirar o seu negócio da informalidade.

Ao se tornar um MEI você ganha o status de empreendedor, além de um CNPJ próprio. Com isso, você também pode contar com algumas vantagens empresariais. Os empréstimos para MEI, estão nessa lista, uma vez que como empresa, os acessos as instituições financeiras são facilitadas.

Neste post vamos lhe ajudara entender como funcionam os empréstimos para MEI. Então fique comigo e confira!

Empréstimo para MEI

Primeiramente precisamos compreender que os empréstimos para MEI dependem da condição de cada negócio. E que o dinheiro recebido no empréstimo necessariamente precisa ser investido na sua empresa, não podendo ser utilizado para fins pessoais.

Depois é importante que você tenha clareza da real necessidade da obtenção do empréstimo. Uma vez que ao contrair uma obrigação financeira com um banco ou outra instituição, você terá que garantir os pagamentos acordados.  Sendo assim é importante analisar se o valor realmente é necessário, e planejar como ele será utilizado, e como a sua empresa irá pagar as parcelas contraídas.

 

Como conseguir um empréstimo para MEI?

1.      Instituições Bancárias

Basicamente é possível conseguir empréstimos para MEI, através de instituições bancárias, no entanto você terá que comprovar ao banco que tem condições de arcar com as parcelas do valor solicitado.

Além disso, é essencial que a documentação do MEI esteja em dia, normalmente os bancos solicitam os seguintes documentos:

  • Certificado de Condição do Microempreendedor Individual (CCMEI);
  • Documentos pessoais do MEI(RG e CPF).
  • Comprovante de endereço residencial do Microempreendedor.

 

2.      Operadoras de empréstimos online

Hoje em dia é possível conseguir empréstimos para MEI, na internet, onde os valores são creditados como empréstimos pessoais. Assim você pode investir o dinheiro em sua empresa, ou empreendimento.

Esse tipo de negociação normalmente oferece algumas vantagens, tais como:

  • Processo 100% online;
  • Taxas de juros baixas;
  • Possibilidade de investir o crédito em sua empresa ou em questões pessoais.

Assim você pode utilizar um crédito de pessoa física para alavancar o seu negócio. Existem operadoras que trabalham com ou sem consignação, você pode escolher a melhor opção para você.

 

3.      Microcrédito

É uma linha de crédito utilizada para valores menores, e consequentemente oferece empréstimos para MEI com menos burocracia. No entanto é importante ressaltar que a responsabilidade deve sempre ser considerada, onde o planejamento é essencial para que o crédito seja bem aplicado.

 

Outra questão em relação aos empréstimos para MEI é que eles são excelentes oportunidades para quem deseja ver o seu negócio crescer. Mas que devem ser utilizados com cautela, ou você pode acabar contraindo dívidas que o seu empreendimento não tem condições de arcar.

Por isso, sempre realize um bom planejamento e avalie se o crédito do empréstimo realmente irá auxiliar a sua empresa a crescer. Pondere os prós e contras e avalie se os empréstimos para MEI são viáveis para o seu negócio.

Posted in Finanças

Empréstimos para MEI: Entenda como funciona o processo

O microempreendedor individual (MEI) é uma forma de pessoa jurídica que define quem trabalha por conta própria. É uma forma de ter um CNPJ sem burocracia, basta fazer um cadastro no portal do empreendedor. A maioria das instituições financeiras disponibilizam créditos para essas pessoas, como é o caso dos empréstimos para MEI.

O pequeno empresário que está começando a sua carreira, trabalhando por conta própria, precisa de incentivo para isso. Ele necessita de dinheiro em caixa para conseguir começar o seu negócio. Por este motivo, essa categoria de empréstimos é muito interessante, pois, mostra que o microempreendedor recebe o “incentivo” de grandes bancos.

Reunimos todas as informações úteis que irão te auxiliar nesse processo.

Empréstimos para MEI: Linhas de crédito

Os Empréstimos para MEI possuem duas linhas de crédito:

1.      Crédito

É o empréstimo comum, o microempreendedor pode solicitar Empréstimos para MEI em instituições financeiras privadas ou não. Mas preste atenção nas taxas, pois, elas não são iguais para um empréstimo de pessoa física. Por isso, vale a pena pesquisar e comparar as taxas de juros de diversos bancos.

2.      Microcrédito

O Microcrédito é um programa social do governo federal. Ele tem como objetivo auxiliar os microempreendedores que não conseguem dar uma garantia as instituições financeiras, afinal, o faturamento deles é de no máximo R$ 120 mil por ano.

Para obtenção do microcrédito você não precisa comprovar renda, mas terá que apresentar alguma garantia, como imóvel, fiador ou um grupo solidário (composto por duas ou mais pessoas para se responsabilizar pela dívida) como condição para empréstimos para MEI.

Vantagens de Empréstimos para MEI

Mesmo com a crise econômica brasileira, o empreendedorismo teve um crescimento significativo no mercado brasileiro. A crise foi o maior incentivador aos novos empresários, pois, precisaram iniciar um novo negócio em função de ser necessário ter alguma renda.

A maior vantagem de empréstimos para MEI são as taxas de juros. As instituições financeiras trabalham com uma taxa de juros bem reduzida para Microempreendedor Individual. Porém, você precisará apresentar onde o dinheiro do empréstimo será investido.

As taxas de juros, geralmente, ficam entre 2 e 4%. Elas são compatíveis com o crédito oferecido, que não é liberado uma quantia muito grande. Afinal, o objetivo dos Empréstimos para MEI é aumentar a renda e iniciar ou impulsionar a empresa no seu início.

Apesar de todos os incentivos e facilidades, o microempreendedor ao solicitar empréstimos para MEI não pode ter restrição de crédito em instituições no seu CNPJ e, também, não pode ter no seu CPF.

Sabendo onde irá investir

Antes de você ir atrás de empréstimos para MEI, é muito importante que saiba onde irá investir o dinheiro que está buscando. Você deve planejar um plano de investimento para que futuramente esse crédito dê um retorno.

Um bom planejamento é essencial, pois, ao solicitar empréstimos para MEI e não direcionar bem o dinheiro, você pode não ter lucro e só acumular uma dívida. Os Empréstimos para MEI foram feitos com o intuito de facilitar a vida dos Microempreendedores individuais e dar um incentivo em suas empresas.

Posted in Finanças

Consultar Operadora: Veja Como Consultar A Operadora Do Celular Antes De Ligar

Hoje em dia, a quantidade de empresas que oferece serviços telefônicos é muito grande. Não há mais uma única empresa que se encaixa a todo o público: cada pessoa é única e possui uma necessidade específica, por isso pesquisar e escolher a melhor operadora que se encaixe no seu perfil é o ideal.

Seja por insatisfação com o plano adquirido ou com a própria operadora, ou até mesmo para economizar dinheiro com planos mais em conta, os usuários tendem cada dia mais, a solicitar a portabilidade.

O que é a portabilidade?

A portabilidade é um serviço na qual permite o usuário trocar de operadora e manter o mesmo número. Ou seja, aqueles incovenientes de precisar avisar os amigos e mudar toda a agenda não existe mais.

Porém, junto com a portabilidade, uma questão complicada surge: Como saber qual a operadora de um número antes de realizar uma chamada?

Consultar operadora através de aplicativos

Tanto celulares com sistema operacional Android, quanto IOS, disponibilizam em suas lojas de aplicações – Google Play e App Store respectivamente, diversos aplicativos que permite consultar a operadora do número a se realizar a chamada.

Celulares com sistema Windows, também possibilitam os aplicativos, porém limitam a consulta à 6 por hora.

Consultar operadora através de sites

Caso você não queira baixar um aplicativo no seu celular, ou esteja sem internet no seu smartphone, existe a possibilidade de consultar operadora pelo seu computador, notebook ou tablet. Sites proporcionam aos usuários a facilidade e rapidez da consulta.

Com a Portabilidade, está cada vez mais difícil para o usuário saber a operadora de um número de celular antes de realizar a chamada. A maior vantagem de se consultar a operadora é a economia que isso gera, principalmente por usuários que utilizam de bônus proporcionados pelas empresas. Por isso fique atento: os minutos perdidos na consulta a operadora valeram muito a pena com a economiza proporcionada no fim do mês.

Posted in Telefonia

Cabelos Loiros: conheça os melhores tratamentos para cabelos loiros

Seus cabelos loiros estão sempre amarelados, quebradiços e ressecados? Talvez eles precisam de uma boa hidratação ou um bom corte para voltarem a ser saudáveis e fortes.

Não importa o que você faça com os seus fios – tingimento, chapinha, babyliss –, tem sempre um tratamento eficaz para seus fios loiros. E não é necessário abandonar o banho de piscina por causa do cloro: existem produtos no mercado que facilitam o cuidado que os seus cabelos – naturais ou não – mais precisam.

Confira neste artigo os tratamentos mais recomendados para quem é loira natural ou de farmácia!

Os melhores tratamentos para cabelos loiros

Hidratação

  • Para devolver a maciez aos cabelos loiros e reduzir o frizz, é necessário manter a hidratação em dia. Produtos com glicerina, D-panthenol, aloe vera, extrato vegetal, óleo de rícino, elastina e colágeno fazem parte da máscara hidratante.
  • Esse é o cuidado para todos os cabelos loiros e não somente aos loiros, afinal, todos são expostos a poluentes, como mar, vento e sol.

Corte de cabelo

  • Cortar o cabelo a cada quatro meses ajuda a eliminar as pontas duplas, a estimular o crescimento e a mantê-los fortes.
  • Quanto mais tempo os cabelos loiros demoram a ser “podados” mais os fios demoram a crescer ou se tornam pesados e danificados. Não precisa, porém, fazer um corte grande: 3 dedos já é o suficiente.

Produtos arroxeados

Usou tinta ou não protegeu os cabelos aloirados do sol e da chapinha? Com certeza você já experimentou o efeito amarelado. Acabe com esse temido efeito com os produtos matizadores.

Esses produtos (shampoo, máscara e condicionador) são capazes de evitar que os fios loiros oxidem, neutralizando a cor e devolvendo a cor vibrante aos cabelos.

Protetor solar e térmico

E já que estamos falando de proteção, todo cabelo necessita de protetor solar e térmico (para o caso de você fazer uso da escova ou chapinha). O sol, o cloro da piscina e o sal do mar são muito prejudiciais, principalmente às mechas loiras, devido a sua sensibilidade.

Quanto mais você usar produtos com filtro solar mais os seus cabelos serão blindados contra as agressões externas e menos vão sofrer com os efeitos indesejados.

Viu como é possível ter cabelos loiros radiantes com esses tratamentos? Basta não se descuidar e ter sempre em mãos os produtos certos para manter a cor dos seus fios sempre viva.

Posted in dicas

Dpvat Bradesco: Veja como pagar o dpvat no Bradesco

Se envolver em acidentes é algo que gera inúmeros transtornos. Sejam eles financeiros, psicológicos, físicos ou pessoais, o fato é que os acidentes ocorridos em vias terrestres em todo território brasileiro tem aumentando com uma grande frequência, e muitas vezes são fatais.

Não importa quem causou o acidente, estar envolvido em alguma colisão gera transtornos e traumas. Mas você sabia que existe um seguro para quem se envolve em acidentes desse tipo? Você sabia ainda que, independentemente de quem causou o acidente, todos os envolvidos têm direito a ele? Sabia também que, não importa se você estava em um veículo ou não, estar envolvido no acidente já lhe dá direito ou DPVAT?

É sobre o DPVAT que vamos falar hoje!

DPVAT – o que é?

O seguro obrigatório de danos pessoais causados por veículos automotores de vias terrestres ou por sua carga a pessoas transportadas ou não, ou DPVAT, é um seguro que criado em 1974 que tem caráter social. Esse seguro tem a função de indenizar as vítimas de acidentes terrestres, estejam elas no automóvel ou não, independente do responsável pelo acidente.

Ou seja, você se envolveu em um acidente na via terrestre, independente de quem tenha causado o acidente, seja você motorista, passageiro ou apenas um pedestre que passava no local no momento do ocorrido e também tenha sido atingido, você tem direito de receber o DPVAT.

Esse seguro, o DPVAT, é pago por todos os proprietários de veículos, sendo um seguro obrigatório para todos aqueles que são donos de automóveis. Dessa forma parte do valor arrecadado, cerca de 45%, vai para o Ministério da Saúde, para o atendimento de vítimas de acidentes. 50% é destinado para a indenização do seguro e 5% é para o Ministério das Cidades.

DPVAT Bradesco

O Banco Bradesco, assim como as outras instituições bancárias, pode receber o pagamento do DPVAT. Ou seja, não há desculpas para não realizar o pagamento do seguro, e vale lembrar que a chance de precisar utilizar o seguro é muito grande, afinal o número de acidentes que ocorrem em vias terrestres é de espantar.

Portanto, pagar o DPVAT Bradesco é possível, e iremos explicar como realizar o pagamento passo a passo. Dessa forma você saberá como pagar o DPVAT Bradesco e não terá dúvidas, nem correrá o risco de esquecer de realizar o pagamento.

Como pagar o DPVAT Bradesco

Para realizar o pagamento do DPVAT Bradesco é necessário, antes de mais nada, ser correntista do Banco Bradesco. Caso você já tenha conta no banco basta seguir os passos a seguir, o exemplo é baseado no pagamento pelo internet banking.

  • Na página inicial do banco na internet vá até a opção PRODUTOS E SERVIÇOS.
  • Na aba lateral escolha a opção MAIS PRODUTOS E SERVIÇOS.
  • Escolha a opção de PAGAMENTOS.
  • Após essas escolhas aparecerá em sua tela diversas opções de pagamentos.
  • Em TRIBUTOS, escolha a opção DÉBITO DE VEÍCULOS (IPVA, DPVAT, LICENCIAMENTO, MULTAS E TAXAS).
  • Em alguns estados é possível realizar o pagamento com o número do RENAVAM do veículo, em outros é necessário ter o boleto em mãos.
  • Após selecionada as opções você deve entrar em sua conta Bradesco e realizar o pagamento ou o agendamento do pagamento do DPVAT.
Posted in Auto

Empréstimos simulação: 4 Sites para fazer simulação de empréstimos

Fazer um empréstimos simulação nunca esteve tão fácil, já que hoje é possível fazer isso de forma online, e em sites das principais financeiras e bancos do país.

Além da simulação, é possível até mesmo fazer a contratação online, sendo mais prático e menos burocrático.

Abaixo, confira quatro dos principais sites para fazer empréstimos simulação de forma simples e rápida.

1.            Just Online

O site Just Online, além de permitir que você faça empréstimos simulação online, também oferece a contratação desse serviço, com taxa de juros que podem várias de 2,8% a 7,2% ao mês.

No site, além da simulação e contratação, é muito simples quanto a parte burocrática, e oferece empréstimos pessoais de até R$ 20 mil com parcelas até 24 meses.

2.            Creditas

A Creditas é outro site que possibilita a contratação e empréstimos simulação, com juros que podem várias de 1,15%, com imóvel como garantia, a 2,72%, com automóvel de garantia

Uma das principais vantagens desse site, é que ele concede empréstimos em valores elevados, e imóveis ou automóveis são aceitos como garantia.

3.            Lendico

O site Lendico é outro você pode contratar e empréstimos simulação, com juros mensais de 2,97% a 7,5% ao mês ou 42,80% a 133,78% ao ano.

Uma das principais vantagens, é que o simulador informa de forma detalhada sobre as parcelas e juros aplicados pela instituição, garantindo total entendimento do cliente.

4.            Bom pra Crédito

O site Bom para Crédito funciona como um mercado de empréstimo, onde, quando você fizer a empréstimos simulação aparecerão diversas opções de bancos e financeiras com ofertas disponíveis para você.

Com taxas de juros mensais que podem variar de 2% e 15% ao mês, o único contra é que você não consegue fazer a simulação online sem informar alguns dados pessoais.

Assim, esses são os principais sites onde você pode fazer um empréstimos simulação e contratação online de forma fácil e rápida.

 

Posted in Finanças

É possível fazer duas faculdades ao mesmo tempo?

O ingresso no ensino superior pode assustar algumas pessoas. Geralmente nesse grupo se encontram os alunos que acabaram de sair do ensino médio e nem mesmo sabem se escolheram o curso das suas vidas. Por outro lado, outras pessoas – quer seja por experiência ou por necessidade – não só já estavam empolgadas com essa nova etapa, como gostariam de intensifica-la tirando o maior proveito possível, frequentando duas faculdades ao mesmo tempo.

Houve uma época que aqui no Brasil, quando se trata de instituições públicas, isso era permitido. Parece impossível hoje, mas é possível que alguns anos atrás essas ciências não estavam tão avançadas – diferente de hoje em que a carga de conteúdo é considerada extrema, mesmo pelos próprios graduandos. Todavia a partir da Lei 12.089/2009, essa prática se tornou proibida. Essa proibição se estende também em universidades particulares caso o estudante está no curso por meio do Programa Universidade para Todos (Prouni).

Hoje uma estratégia que muito se adota é realizar um curso na instituição pública e outro na faculdade particular. Ou ambos os cursos no instituo particular, caso você não precise trabalhar. Basta haver um correto encaixe dos horários e uma disciplina invejável. A afinidade entre os cursos também conta. Cursos como Educação Física e Nutrição “podem casar” tranquilamente.

O que é o duplo diploma?

No exterior muitas universidades oferecem o duplo diploma. É muito conhecido entre os estudantes de Engenharia, já que esse curso, apesar de sofrer uma grande subdivisão, tem o mesmo conteúdo nos primeiros anos. Assim, um aluno que se matricula em Engenharia Metalúrgica, por exemplo, tem permissão de realizar também o curso de Engenharia Elétrica e ao fim de ambos os cursos conquista um diploma diferenciado que o permite exercer as duas profissões. No Brasil, essa dupla diplomação começou em 2004 e hoje é uma estratégia muito utilizada para a garantia de um bom posicionamento e competição no mercado de trabalho.

Outra forma de estudar no exterior e fazer as duas faculdades é o aluno se matricular em uma universidade brasileira afiliada a uma estrangeira. O aluno começa o curso na instituição estrangeira e depois volta para a de origem para finalizar seu segundo curso. A qualidade do ensino é garantida geralmente pelo convênio dessa universidade. Inclusive esse convênio é comum nas instituições públicas.

Prós e contras

A maior vantagem evidentemente é a qualificação profissional. O profissional, sem dúvidas, poderá ganhar destaque com o título e estar – dependendo do seu ponto de vista – já se especializando, realizando um upgrade na sua área de conhecimento.

Entretanto você deve considerar o próprio esforço mental de estudar o conteúdo em dobro – além da realização das provas e trabalhos – bem como sua energia caso você realize estágios em ambos os cursos. Além desses contras, a rotina poderá, no geral, ser mais estressante uma vez que você terá grande chance de abrir mão de lazeres, de passeios, de um relacionamento amoroso tranquilo, etc. É algo subjetivo, dependerá dos seus objetivos com a profissão.

Posted in Educação